terça-feira, 1 de outubro de 2013

outubro

Perco a hora, as vestes
a rigidez adulta
Me perco em ti. Teus olhos são arapuca.

Nenhum comentário: